Estado de Goiás

Apresentação do Programa de Residência Pedagógica (RP)  

Residência Pedagógica

O Programa de Residência Pedagógica (RP) se constitui num Programa Nacional de Formação de Professores financiado pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). Um dos principais objetivos da Residência Pedagógica é contribuir com a formação de professores para a educação básica através de atividades desenvolvidas nos Estágios Supervisionados Curriculares Obrigatórios das licenciaturas. Este programa visa fortalecer e fomentar a relação entre teoria e prática da formação dos discentes das licenciaturas a partir da segunda metade do curso, proporcionando a aproximação com as escolas da educação básica através de regências e demais atividades pedagógicas devidamente acompanhadas por preceptores e docentes orientadores.

Maiores informações sobre o programa, seu funcionamento, as modalidades de bolsas existentes, editais e documentos vigentes, podem ser encontrado no site da CAPES, clicando AQUI. 

  

O programa tem a seguinte composição: 

 

  • Docentes Orientadores: docentes da UEG que orientam as atividades dos discentes através de atividades pedagógicas colaborativas com as escolas de educação básica;

 

  • Preceptores: Docentes das escolas de educação básica que estabelecem o vínculo institucional com a UEG através do Estágio Supervisionado Curricular Obrigatório. São responsáveis pelo acompanhamento e pela orientação aos discentes na escola campo.

 

  • Residentes: discentes das licenciaturas que cursam a partir do 5º período, devidamente matriculados no Estágio Supervisionado Curricular Obrigatório. Desenvolvem atividades de estudos, pesquisas, debates, planejamentos, regências e outros tipos de intervenção pedagógica na escola campo.

 

Programa Residência Pedagógica da UEG

 

O Projeto Institucional da UEG intitula-se "Residência Pedagógica da UEG: uma proposta de ressignificação dos estágios supervisionados na formação de professores", e tem como centralidade a proposição da ressignificação dos estágios supervisionados na formação de professores e se articula aos dois subprojetos, compostos cada um por dois núcleos, a partir da intencionalidade de se materializar uma proposta formativa crítica que articula universidade e escola e estabelece a relação entre teoria e prática. O Subprojeto Multidisciplinar e o Subprojeto de Geografia se articulam com o projeto institucional no sentido de objetivarem a formação docente para a educação básica em consonância com a realidade das escolas-campo e, ao mesmo tempo, contribuir com o processo formativo colaborativo dos residentes (discentes em formação inicial) e dos preceptores (professores das escolas parceiras).

Assim, a adesão da UEG ao Programa de Residência Pedagógica expressa um conjunto de esforços institucionais que buscam valorizar e qualificar a formação de professores no Estado de Goiás através do compromisso de trabalho colaborativo entre a universidade e as escolas de educação básica. Além disso, a necessidade de fortalecimento das licenciaturas tem se consolidado no debate acadêmico e científico e, para isso, é fundamental que haja articulação entre os estágios supervisionados curriculares obrigatórios e os currículos dos cursos da UEG em prol da articulação entre teoria e prática.

A proposta de ressiginificar os estágios das licenciaturas através do Programa de Residência Pedagógica expressa o compromisso institucional de aperfeiçoamento dos estágios dos cursos e de seus respectivos projetos em consonância com as demais disciplinas do currículo. A centralidade do estágio como espaço formativo do currículo das licenciaturas se faz relevante, pois este contém, no interior de sua relação, a proposição de síntese formativa do curso de graduação e detém o conteúdo da tensão entre conhecimento e ação, teoria e prática.

 

Objetivo Geral

 

Possibilitar aos residentes a oportunidade de compreender e vivenciar a realidade escolar e as ações didáticas e pedagógicas que envolvem a docência na educação básica.

 

Objetivos Específicos

 

• Possibilitar aos residentes a oportunidade de conhecer as escolas de educação básica a partir de intervenções pedagógicas, buscando materializar a articulação relação entre teoria e prática;

• Possibilitar aos residentes o conhecimento da realidade educacional e a intervenção pedagógica a partir de elementos da pesquisa educacional baseados na etnografia da prática escolar e na pesquisa-ação;

• Proporcionar aos licenciandos participantes da Residência Pedagógica o desenvolvimento de capacidades de identificação de problemas da realidade escolar atreladas aos componentes curriculares de suas respectivas áreas de conhecimento;

• Compreender e analisar a organização do trabalho pedagógico nas instituições educacionais, entendendo a inserção dos componentes curriculares neste contexto e a relação entre objetivos/avaliação e conteúdo/método;

• Proporcionar aos residentes uma formação consistente, respaldada por elementos das teorias educacionais e da prática pedagógica desenvolvida nas escolas a fim de subsidiar a preparação para a atuação na educação básica após a formação inicial na universidade;

• Proporcionar aos residentes os conhecimentos referentes à didática e à prática de ensino necessários à atuação na docência articuladas ao domínio do conhecimento teórico específico da área de atuação dos professores e dos conteúdos de ensino das áreas envolvidas na Residência Pedagógica;

• Consolidar o trabalho colaborativo entre a universidade e as escolas de educação básica a fim de vincular a formação inicial dos residentes aos processos de formação continuada dos preceptores e das demais atividades formativas que estes desenvolvem nas instituições educacionais;

• Fomentar o regime de colaboração entre a SEDUCE (Secretaria estadual de Educação de Goiás), as secretarias municipais de educação das cidades goianas e a UEG em prol da qualidade da formação de professores através da Residência Pedagógica;

• Propiciar momentos de reflexão, análise crítica, produção científica e socialização de experiências vividas pelos residentes na escola-campo;

• Organizar os estágios supervisionados na perspectiva da formação crítica de professores/as;

• Ressignificar e reformular os estágios supervisionados curriculares obrigatórios das licenciaturas da UEG através das experiências desenvolvidas no Programa de Residência Pedagógica;

• Ampliar as possibilidades de construção dos estágios supervisionados curriculares obrigatórios como espaços privilegiados dos currículos de formação de professores da UEG através das ações do Programa de Residência Pedagógica;

• Promover a adequação dos currículos, das propostas pedagógicas e dos projetos de estágio dos cursos de licenciatura da UEG, considerando as orientações da Base Nacional Comum Curricular (BNCC);

• Promover o debate acadêmico e científico sobre os impactos da Residência Pedagógica para a formação inicial de professores e sua relação com a BNCC;

• Ampliar a reflexão sobre a formação docente, o Programa de Residência Pedagógica e o Estágio Supervisionado Curricular Obrigatório no sentido de construir elementos de valorização do magistério e de ações inovadoras desenvolvidas nas escolas;

• Sistematizar, avaliar e socializar as experiências de estágio desenvolvidas no Programa de Residência Pedagógica;

• Produzir um E-book com coletânea de artigos/relatos de experiência sobre o trabalho da Residência Pedagógica na formação de professores da UEG.

 

Coordenação Institucional do Programa de Residência Pedagógica na UEG

 

Coordenadora: Profa. Dra. Lilian Brandão Bandeira (Currículo Lattes)

Telefone: (62) 3328-1175

E-mail: rp@ueg.br

BR 153 Quadra Área, Km 99, Anápolis-Goiás