Estado de Goiás

PIBID - Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência  

O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID é um programa que oferece bolsas de iniciação à docência aos alunos de cursos presenciais de licenciatura plena, para que eles exerçam atividades pedagógicas em escolas públicas de ensino básico, se comprometendo com o exercício do magistério na rede pública.

O PIBID responde ao compromisso da CAPES de investir na valorização do magistério, aprimorando sua formação e contribuindo para a melhoria de qualidade dessas escolas. O objetivo é antecipar o vínculo entre os futuros mestres e as salas de aula da rede pública. Com essa iniciativa, o PIBID faz uma articulação entre a educação superior (por meio das licenciaturas), a escola e os sistemas estaduais e municipais. Para que os alunos sejam acompanhados e orientados, há bolsas também para coordenadores e supervisores. A intenção do programa é unir as secretarias estaduais e municipais de educação e as universidades públicas, a favor da melhoria do ensino.

Os coordenadores de áreas do conhecimento que possuem projetos já aprovados no CAPES/MEC recebem bolsas mensais de R$ 1.200,00 Os alunos dos cursos de licenciatura têm direito a bolsa de R$ 350,00 e os supervisores, que são os professores das disciplinas nas escolas onde os estudantes universitários vão desenvolver suas atividades, recebem bolsa de R$ 600,00 por mês. Podem apresentar propostas de projetos de iniciação à docência instituições federais e estaduais de ensino superior, além de institutos federais de educação, ciência e tecnologia com cursos de licenciatura que apresentem avaliação satisfatória no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

As propostas contendo os projetos institucionais devem atender aos objetivos do PIBID de:

a) incentivar a formação de docentes em nível superior para a Educação Básica;

b) contribuir para a valorização do magistério;

c) elevar a qualidade da formação inicial de professores nos cursos de licenciatura, promovendo a integração entre a Educação Superior e a Educação Básica;

d) inserir os licenciados no cotidiano de escolas da rede pública de educação, proporcionando-lhes oportunidades de criação e participação em experiências metodológicas, tecnológicas e práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar que busquem a superação de problemas identificados no processo de ensino-aprendizagem;

e) incentivar escolas públicas de Educação Básica, mobilizando seus professores como co-formadores dos futuros docentes e tornando-as protagonistas nos processos de formação inicial para o magistério; e

f) contribuir para a articulação entre teoria e prática necessárias à formação dos docentes, elevando a qualidade das ações acadêmcias nos cursos de licenciatura.

Buscando construir uma nova cultura para formação de professores, a Universidade Estadual de Goiás está articulando junto à Secretaria da Educação e à CAPES/MEC a submissão de projetos para o edital de 2012 do PIBID. As Unidades Universitárias que se interesssarem em submeter seus projetos para o programa, deverão ficar atentas à página da UEG/PrG, na abertura do Edital 2012.





BR 153 Quadra Área, Km 99, Anápolis-Goiás